Foi-se o tempo em que o mundo se dividia entre os que guardavam o dinheiro embaixo do colchão e aqueles que poupavam com um banco. As opções hoje são cada vez mais fartas – e, o melhor de tudo, amigáveis com quem não tem muita paciência para termos como “CDB”, “debêntures” ou “papéis comerciais”. O surgimento das fintechs, em meados da década de 2010, chacoalhou o cenário, influenciando, inclusive, as instituições mais tradicionais. Confira no infográfico abaixo as correntes possíveis para o seu dinheiro atualmente:

O Mercado Pago está pronto para te ajudar a comprar e a vender. Clique aqui e descubra tudo o que podemos fazer por você.