Alguns hábitos estão tão incorporados na nossa cultura que nem nos damos mais conta da “mágica” que os envolve. Comprar e vender sem precisar de papel-moeda ou do talão de cheques, por exemplo, era coisa de ficção científica até 1984, quando começaram a ser instaladas no Brasil as primeiras máquinas de débito (ou TTF, os “Terminais de Transferência de Fundos”, como eram chamados).

A novidade veio no meio de uma grande política de automação bancária, que incluiu o surgimento dos caixas eletrônicos (ou “Automatic Teller Machines”). Hoje as compras em débito automático movimentam mais de R$ 400 bilhões por ano no país, segundo o Banco Central. As compras com cartão de crédito movimentaram R$ 670 bilhões em 2016. Em 2017, a fintech Mercado Pago registrou cinco vezes mais vendas da sua máquina cartões, a Point, um número histórico que mostra o espaço para expansão do segmento. Mas você sabe como se dá esse processo de transação por meio dos cartões de débito e crédito?

“Assim que o usuário digita a senha, o processo de pagamento passa por um caminho que garante a eficiência e a segurança das transações financeiras, tanto para quem compra como para quem vende”, afirma Bruno Martucci, gerente de produto do Mercado Pago.

Confira no infográfico abaixo os detalhes desse processo que envolve muita tecnologia e é realizado em poucos segundos:

O Mercado Pago te ajuda a comprar e a vender – seja com cartão e maquininha, seja em várias outras situações que facilitem sua vida. Clique aqui e descubra tudo o que podemos fazer por você.